Investimento em energia solar

Muitos fatores estão envolvidos no momento da decisão de compra do consumidor. Formas sustentáveis de produção é um deles. Cientes deste cenário, aliado ao peso da economia proporcionada, os setores de indústria, comércio e serviços já representam 36% de toda energia solar utilizada no Brasil hoje, de acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR). O Grupo Cruzeiro entrou para essa estatística em dezembro de 2020 e vem colhendo bons frutos.

Com investimento total de mais de R$ 1 milhão, foram instaladas no parque fabril do Grupo 998 placas solares com potência de 334,65 KWp, gerando em média 45.000 KWh de energia por mês. Em menos de um ano deixaram de ser emitidas para a atmosfera perto de 76 toneladas de carbono, o que equivale ao cultivo de mais de 300 árvores. A expectativa é que o investimento na energia solar seja recuperado em menos de quatro anos.

O objetivo é que com a diminuição dos custos o Grupo Cruzeiro consiga investir ainda mais na modernização da empresa e de seus maquinários para agregar mais valor aos seus produtos. Além disso, produzir energia limpa é uma forma de estabelecer relacionamentos saudáveis com a comunidade, parceiros comerciais, fornecedores e consumidores, fidelizando-os.

Em crescimento

De acordo com dados da ABSOLAR e da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), a energia solar representa apenas 1,9% da matriz elétrica no Brasil. Um número ainda baixo perto da energia hídrica, principal fonte de energia utilizada no país, com 59,3%.

No entanto, estudos revelam uma estimativa de que, em 2050, a energia solar irá ultrapassar a energia hídrica e se tornar a principal fonte, quando chegará a 32,2% da eletricidade gerada, enquanto a produzida a partir da água diminuirá até chegar a 30,2%.

A geração própria de energia solar ajuda a economizar água dos reservatórios das hidrelétricas do país e reduz o uso de termelétricas fósseis, caras, poluentes e responsáveis pela terrível bandeira vermelha. Com isso, ajuda a diminuir a conta de luz de todos os brasileiros. Por isso, é fundamental fortalecer e incentivar o uso desta tecnologia no Brasil, principalmente por parte de grandes empresas.

Write a comment

Your email address will not published!
Note: HTML is not translated!

Tags: energia solar, energia sustentável, indústria, grupo cruzeiro